Nossos Professores

Os Programas de Kriya são montados em função das visitas dos monges ou yogacharyas – professores e discípulos adiantados. Eles viajam regularmente pelas Américas, Europa, Ásia e Oceania ministrando palestras, iniciações, seminários, retiros, meditações guiadas e oferecendo aconselhamento espiritual.

Swamis Itinerantes


Swami Mangalananda Giri

Nascida na Alemanha, Swami Mangalananda cresceu perto de Stuttgart. Em 1992, foi iniciada em Kriya Yoga por Rajarshi Peterananda e, em 1994, conheceu o seu mestre Paramahamsa Hariharananda. Desde então, passou a conviver com ele em vários ashrams e acompanhá-lo em viagens pela Europa.

Estudou Filosofia por alguns anos, depois Medicina na Alemanha, na Universidade de Tubingen. Decidiu-se pela Medicina e graduou-se em Julho de 2000 na Universidade de Viena, o que lhe permitiu concluir os estudos ao mesmo tempo em que servia e vivia com o seu mestre.

Em Setembro do mesmo ano, foi ordenada como monja na ordem monástica Giri e lhe foi dado o nome de Swami Mangalananda, que quer dizer “êxtase auspicioso”. Swami Mangalananda foi a primeira monja na linhagem de Paramahamsa Hariharananda. Ela conduz programas de Kriya Yoga no ashram de Tattendorf, na Áustria, e em toda a Europa.

Swami Arupananda Giri

Conhecido como Brahmachari Shivananda, começou a servir Paramahamsa 

Hariharananda em 1985, no Centro de Meditação de Rourkela. Em 1996, foi iniciado na vida monástica e recebeu o nome de Swami Arupananda. Viajou para o Ocidente em 2001, ministrando Programas de Kriya Yoga por vários países da Europa e muitas cidades dos Estados Unidos.

Swami Arupananda recebeu a graça e a afeição de Gurudev de várias maneiras. A sua simplicidade e o seu amor, juntamente com a sua disposição para o trabalho e para servir, são uma inspiração para os outros. Atualmente, reside no Hariharananda Gurukulam e guia meditações.

Swami Samarpanananda Giri

O professor Suresh Chandra Mishra era popular entre os alunos de Ciências Políticas em diversas universidades de Orissa. Como Brahmachari e pelo exemplo, inspirou os seus alunos de várias maneiras. Em 1982, conheceu Paramahamsa Hariharananda e foi iniciado em Kriya Yoga.

Toda a sua vida tem sido de disciplina, estudos, preces e meditação. O seu profundo desejo pela renúncia e serviço à sociedade levou-o à ordem monástica e, em 2004, recebeu o nome de Swami Samarpanananda. Desde então, reside no Ashram Hariharananda Gurukulam, exercendo várias atividades. Ajuda pessoas em seu caminho espiritual e guia meditações de Kriya Yoga.

Swami Atmavidyananda Giri

Seu nome de batismo é Arvind Joshi. Nasceu em uma família brâmane tradicional, em 1971, em Bhopal, Estado de Madhya Pradesh, Índia. Desde a infância, o ambiente espiritual e a orientação de seus pais nutriram nele a verdadeira busca por Deus.

É formado em Engenharia Mecânica. Em 1994, foi iniciado na Kriya Yoga por Paramahamsa Hariharananda, no Ashram de Rourkela, Índia. Fez parte do primeiro grupo do Curso de Treinamento de Brahmachari em Regime de Internato, organizado por Paramahamsa Prajnanananda. Estudou sânscrito e as escrituras, junto às práticas espirituais, como residente do Hariharananda Gurukulam, onde até 2004 residia e guiava meditações. Nesse período veio para o Ocidente.

Em Março de 2007, começou suas viagens ao Brasil. Em fevereiro de 2009, foi ordenado monge da ordem monástica Giri e recebeu o nome de Atmavidyananda, que significa “bem-aventurança do autoconhecimento”. Viaja pelas Américas e Europa conduzindo Programas de Kriya Yoga.

Swami Gurukrupananda Giri

O primeiro encontro de Shrimati Anita Patnaik com Paramahamsa Hariharananda foi em 1982, em Cuttack, Orissa, Índia. Um ano depois, ele a iniciou na Kriya Yoga. Em 27 de maio de 2007, no dia do Centenário de Gurudev, ela se tornou yogacharya da linhagem da Kriya Yoga.

É uma dona de casa, mãe de três filhos, e foi casada com Shri Sasanka Sekhar Patnaik. Seguindo o exemplo do seu mestre de servir ao próximo, dedica parte do seu tempo a uma organização filantrópica, que realiza serviço comunitário na localidade onde vive.

A Yogacharya Shrimati Anita Patnaik aconselha as pessoas a “servir o guru e praticar o seu sadhana sinceramente, mantendo imensa fé no Todo-Poderoso”. Afirma que o efeito da transformação da Kriya Yoga trouxe-lhe “imensa paz mental, estabilidade e calma”.

Swami Paripurnananda Giri

Swami Paripurnananda Giri nasceu em Kesula Gopalpur, no distrito de Cuttack, Orissa, Índia. A sua tendência natural para seguir o caminho espiritual foi inicialmente nutrida por sua mãe e, anos depois, encorajado por seus professores na escola. Estudava Engenharia quando conheceu Paramahamsa Hariharananda no ashram de Jagatpur, em 1995. Foi iniciado na Kriya Yoga no ashram de Rourkela e, em 1996, teve a oportunidade de praticar a meditação Kriya Yoga na companhia sagrada de Paramahamsa Hariharananda. Enquanto trabalhava no setor público, continuou com as suas práticas de meditação Kriya Yoga.

Em 2002, abriu mão do emprego e participou do primeiro Curso de Treinamento de Brahmachari em regime de internato, no Hariharananda Gurukulam, sob a orientação de Paramahamsa Prajnanananda e outros monges seniores. Ali, passou o tempo estudando sânscrito e as escrituras, tornando-se um brahmachari residente.

Em 18 de fevereiro de 2004, foi iniciado em naishtika bhahmacharya pelo seu preceptor Paramahamsa Prajnanananda, a quem serviu durante a celebração do centenário do Paramahamsa Hariharananda, de 2006 a 2007. Em 23 de fevereiro de 2009, recebeu o nome de Swami Paripurnananda Giri, que significa “aquele que está absorto na bem-aventurança da plenitude”. Atualmente, está servindo o seu mestre em diferentes ashrams e centros da Índia, organizando programas de Kriya Yoga, guiando meditações e ensinando a técnica de meditação Kriya Yoga a todos aqueles que buscam a Verdade.

Swami Karunananda Giri

Swami Karunananda Giri pratica Kriya Yoga desde 1993. Ela conheceu Gurudev Paramahamsa Hariharananda em 1995, momento decisivo em sua vida. Então, em 1996 a 1997, ela teve a feliz oportunidade de servir e meditar com Gurudev nos Estados Unidos.

Ela foi autorizada a ensinar Kriya Yoga em maio de 2007 por Paramahamsa Prajnanananda. Em 2020, foi ordenada monge.

 

 

Swami Gurusevananda Giri

Sadhu Haibru nasceu em 1977 em Sapuapada, Gadoodi, no Distrito de Jajpur, Orissa, Índia. Enquanto crescia, sua mãe amorosamente servia e cuidava de muitos monges que eram bem-vindos em sua casa. Mal sabia ela que, um dia, anos mais tarde, o seu pequeno Sadhu se tornaria um sadhu (monge).

Quando a sua mãe adoeceu, ele deixou a escola para poder trabalhar e pagar seus remédios. Após seu falecimento, Sadhu mudou-se para Cuttack e logo visitou o ashram de Jagatpur, onde sentiu uma atração imediata pela vida ali. Passou a dividir seu tempo entre o emprego na cidade e servir a Deus e aos Mestres no ashram. Certo dia, um monge o levou para conhecer o ashram Hariharananda Gurukulam, em Balighai, e o Templo do Senhor Jagannatha. Essa experiência acendeu a chama do amor divino em seu coração. Deixou o seu emprego para servir no ashram de Jagatpur em tempo integral. Trabalhava arduamente fazendo o que fosse preciso, muitas vezes sem ter tempo de descanso. Três anos depois, foi iniciado em Kriya Yoga por seu preceptor espiritual, Paramahamsa Prajnanananda, e continuou servindo e meditando no ashram.

Em 2002, participou do Curso de Treinamento de Brahmachari em regime de internato no Hariharananda Gurukulam. Em fevereiro de 2004, recebeu o nome de Brahmachari Sevananda, que significa “a bem-aventurança de servir”. Em 2007, foi iniciado na vida monástica pelo seu mestre e recebeu o nome de Swami Gurusevanada Giri, que significa “aquele que está absorto na bem-aventurança do serviço amoroso ao Guru”. Abençoado com uma natureza doce, mansa e humilde, Swamiji continua a servir o seu mestre em diferentes ashrams de Kriya Yoga por toda a Índia.

Swami Nityapremananda Giri

Pramod Kumar Behera nasceu em 1970, em Hemantpatana, Distrito de Nayagrath, Orissa, Índia. Foi educado no ambiente acolhedor de seus pais trabalhadores e piedosos, o que lhe conferiu um forte caráter moral e embasamento espiritual sobre o qual construiu a sua vida. Quando garoto, seus pais lhe ensinaram a importância de fazer o melhor uso do tempo e de aprender as habilidades necessárias para ser um membro feliz, eficiente e produtivo da comunidade. Essas lições simples causaram uma profunda impressão em Pramod e, em toda uma vida de prática, ele tem compreendido a sua sabedoria.

Entrou em contato com Shri Triloki Dash (agora conhecido como Paramahamsa Prajnanananda) que era, nessa época, professor de economia na sua faculdade. Quem diria que esse encontro importante influenciaria a sua vida.

Fez mestrado em língua Oriya e faculdade de direito. Profundamente influenciado por Madre Teresa, Pramod desejava servir àqueles acometidos pela lepra. Desejando levantar fundos para essa nobre causa, ele se encontrou com Paramahamsa Prajnanananda no ashram de Jagatpur. Esse foi um momento decisivo em sua vida. Ao invés de voltar ao mundo para servir a uma pequena parcela da humanidade, decidiu permanecer no ashram e dedicar a sua vida a servir a humanidade inteira. Pramod foi iniciado em Kriya Yoga por seu mestre em fevereiro de 2000. Em fevereiro de 2004, recebeu o nome de Brahmachari Nityananda, que significa “bem-aventurança constante”.

Em 23 de fevereiro de 2009, no auspicioso Shivaratri, recebeu a iniciação monástica e o nome de Swami Nityapremanandaji, que significa “aquele que está absorto na bem-aventurança do amor eterno”. Atualmente, serve o seu mestre trabalhando na divisão de publicações da Kriya Yoga, traduzindo trabalhos do inglês para a língua Oriya e compilando artigos para o Tarane Nauka (a revista trimestral escrita em língua Oriya). Swami Nityapremananda Giri também viaja a diferentes centros, guiando meditações e conduzindo programas de Kriya.

Swami Achalananda Giri

Antes de fazer seus votos monásticos, Swami Achalananda era conhecido como P. Shrihari Aiyer. Nasceu em 1966 em Koduvayoor, uma vila no estado de Kerala (sul da Índia). Depois de se formar em engenharia mecânica, trabalhou por treze anos na indústria de refinaria de petróleo na Índia e no Kuwait. Ele então retornou à Índia e recebeu, em 2000, a iniciação em Kriya Yoga de seu amado Mestre Paramahamsa Prajnanananda. P. Shrihari Aiyer então concluiu um mestrado em ciência da computação nos EUA.

Em 2004, encontrou novamente seu Mestre Paramahamsa Prajnanananda em um retiro de Kriya Yoga em Colorado Springs (EUA) e o seguiu logo depois para a Índia, para participar do segundo Curso Residencial Brahmachari na Missão Prajnana. Após o curso, ele decidiu renunciar ao mundo material e retirou-se para o Hariharananda Gurukulam em Balighai (Puri), Índia.

Ele foi iniciado no brahmacharya em fevereiro de 2009 com o nome de Brahmachari Dhiranananda e, em fevereiro de 2012, seu Mestre o iniciou na vida monástica com o novo nome Swami Achalananda Giri.

Atualmente, Swami Achalananda reside no Jagatpur Ashram na Índia, onde atua como secretário e administrador da Missão Prajnana.

Ocasionalmente, ele viaja para participar de eventos em todo o mundo, a fim de divulgar a sagrada ciência do Kriya Yoga e os ensinamentos de seus mestres.

Swami Avyaktananda Giri

Desde a infância, a jovem Ambika Ma buscava intensamente o conhecimento de si mesma. Durante sua juventude, ela visitou muitos santos, sábios e lugares sagrados em sua busca pela verdade. Aos cinco anos de idade, ela viu seu amado Gurudev, Paramahamsa Hariharananda, mas não o conheceu oficialmente até 1996, quando ela tinha 24 anos. A partir desse momento, começou seu discipulado com ele e ficou o mais próximo possível dele até seu mahasamadhi, em 2002.

Ela estudou arquitetura na Politécnica Feminina em Bhubaneswar, Odisha, e trabalhou no setor governamental no Departamento de Urbanismo.

Desde que ela consegue se lembrar, a situação dos pobres pesou muito em seu coração. Ela preencheu sua vida com trabalho social em um esforço para aliviar esse sofrimento o máximo que pudesse.

Ela participou do Primeiro Curso de Treinamento Residencial Bramachari em 2002 e começou oficialmente a viver no ashram após sua iniciação em sannyasa em 2012, quando recebeu o nome de Swami Avyaktananda Giri de Paramahamsa Prajnanananda.

Em 2017, ela veio para o Ocidente e tem servido no ashram feminino do Templo da Compaixão, no Texas.

Swami Gurupriyananda Giri

Sudha Ma nasceu em uma amorosa e devotada família hindu em Guntur, Andhra Pradesh, Índia, e cresceu em Hyderabad, onde passou o resto de sua infância. Por ter sido criada em uma família com grande disciplina espiritual, a fé em Deus, a oração e a adoração vieram naturalmente. Sua mãe, uma professora, orientou meticulosamente seu treinamento espiritual e a incentivou a ler as escrituras sagradas. Durante a sua infância, ela teve o grande privilégio de visitar muitos lugares sagrados e conhecer muitos monges. Ela completou sua educação formal recebendo um diploma de Mestre em Química pela Osmania University, onde conheceu e se casou com seu marido, Harinath. Eles tiveram três filhos e ela manteve uma vida familiar equilibrada, trabalhando, criando sua família e continuando sua busca espiritual.

Em 1996, pela graça de Deus, sua busca implacável por um guru terminou, quando ela conheceu seus amados Gurudev Baba Hariharanandaji e Baba Prajnananandaji e, junto com seu marido, foi iniciada na Kriya Yoga. Desde então, Sudha Ma dedicou seu tempo de todo o seu coração ao serviço do Guru, transcrevendo discursos, ajudando com publicações e organizando palestras sobre Kriya em universidades, igrejas e templos. Ela foi responsável pela publicação de nossa popular revista Sthita Prajna. Viajando pelo mundo todo, Sudha Ma passou um tempo na maioria de nossos ashrams de Kriya Yoga nos EUA, Europa e Índia. Em 2009, ela generosamente dedicou um ano para servir como diretora do Balashram, nossa escola residencial na Índia para crianças órfãs e carentes.

Finalmente, no dia auspicioso de Mahashivaratri, em 20 de fevereiro de 2012, abençoada com a graça suprema do Guru e acompanhada por seu marido Harinath, ela fez o voto de sannyasa (iniciação na ordem monástica) e tornou-se Gurupriyananda, que significa o ‘bem-aventurança de ser querida pelo Guru.’ Com completa entrega ao seu mestre e devoção inabalável ao caminho da iluminação, Swami Gurupriyananda Giri agora continua sua busca pela Verdade enquanto serve nos Ashrams.

Em 2014, Swami Gurupriyananda Giri escreveu o livro ‘The Road Less Traveled: My Journey to Monkhood’ (A Estrada Menos Percorrida: Minha Jornada Até a Vida Monástica), na esperança de que sirva para inspirar outros que seguem o mesmo caminho.

Desde 2016, Swami Gurupriyananda tem trabalhado com a Associação de Kriya Yoga da Austrália. Com a graça de Deus e gurus, um novo ashram – Kriya Vidya Mandir foi fundado e inaugurado em 18 de abril de 2018. Além de dar discursos e guiar meditações no ashram, Swami Gurupriyananda viaja para diferentes centros na Austrália, Nova Zelândia e Fiji, para conduzir programas de iniciação, ensinar Kriya Yoga e organizar retiros espirituais ocasionais.

Swami Matrukrupananda Giri

Seguir o caminho espiritual foi algo natural para Harinath Bathina. Nascido em uma família devota em Eluru, Andhra Pradesh, Índia, ele tinha uma inclinação natural para a prática ritualística. Assim, desde muito jovem ele foi fortemente atraído pelos templos, muitas vezes oferecendo seus serviços e ocupando vários cargos de responsabilidade.

Quando jovem, ele completou seu doutorado em Química na Osmania University em Hyderabad e, enquanto fazia seus estudos de pós-doutorado no exterior na Northwestern University of Chicago, ele também obteve um MBA pela mesma universidade. Casado, pai de três filhos, Harinath se estabeleceu nos Estados Unidos e trabalhou por muitos anos como gerente de pesquisa e desenvolvimento em várias indústrias químicas no Centro-Oeste. No entanto, embora tenha deixado sua amada pátria para se estabelecer no Ocidente, seu desejo inato de aprender a Verdade aos pés de um Mestre realizado estava sempre com ele.

Em 1996, o desejo mais íntimo de Harinath foi satisfeito, pois foi nesse ano que conheceu Gurudev Baba Hariharanandaji e Baba Prajnananandaji na Flórida. Cativado pelo amor divino e pelo magnetismo que emanava desses grandes mestres, ele foi então iniciado na Kriya Yoga, assumindo um compromisso vitalício com essa técnica de restauração e mudança de vida. Desde então, ele serviu fielmente à Missão Prajnana e seus Gurus em todas as funções necessárias. Inicialmente, ele e sua esposa serviram como líderes de centro da Kriya Yoga em Cleveland, Ohio, onde desempenharam um papel fundamental na organização de programas e retiros e também foram fundamentais no estabelecimento de outros centros de Kriya no Centro-Oeste.

Em 2009, depois de muitos anos de serviço dedicado à família e ao trabalho, Harinath e sua esposa se aposentaram do mercado de trabalho e, num acordo amoroso, viraram a página de um lindo novo capítulo em suas vidas. Seguindo a antiga tradição hindu de krama sannyasa, tendo completado os dois primeiros ashramas da vida, brahmacharya e grihastha, eles receberam a diksha sagrada de seu amado Guruji Paramahamsa Prajnananandaji e assim entraram no terceiro ashrama de vanaprastha. Depois de receber a iniciação, Harinath continuou com alegria seu seva e sadhana no ashram de Miami, no Hariharananda Gurukulam e também no Hariharananda Tapovanam em Uttara Kashi. Então, em 20 de fevereiro de 2012, o dia auspicioso do Mahashivaratri, pela graça infinita do Guru, ele foi abençoado com o quarto ashrama de sannyasa, tornando-se Swami Matrukrupananda Giri. Matrukrupananda significa ‘a bem-aventurança da graça da Mãe Divina’. Atualmente, Swami Matrukrupananda Giri é um swami residente do Kriya Vedanta Gurukulam, Joliet, IL, onde ele abnegadamente serve a Deus e aos Gurus com dedicação e amor sinceros.

Swami Ishwarananda Giri

Discípulo de Paramahamsa Prajnanananda Giri, ordenado monge na tradição monástica Giri em março de 2016 e atualmente servindo a organização no Ashram Brasileiro – Templo do Amor Divino.

 

 

 

 

Swami Prabuddhananda Giri

Swami Prabuddhanandaji nasceu na Índia. Um buscador da verdade desde muito jovem, Swamiji silenciosamente procurou por um professor que pudesse guiá-lo na busca pela verdade. Ele estudou engenharia e fez pós-graduação na Alemanha, seguindo com uma pesquisa que o levou ao seu doutorado. O destino tinha algo mais guardado para ele. Seu encontro casual com Paramahamsa Prajnananandaji o inspirou a levar uma vida de meditação e serviço sob a tutela de Paramahamsaji. Em 2012, Paramahamsaji, abençoou-o e ordenou-o na ordem monástica Giri com um nome mais adequado à sua atitude de indagação interior. Prabuddhananda significa aquele que se alegra com a realização. Swamiji se alegra em encontrar a essência interior da vida por meio da observação.

Swamiji reside atualmente no Kriya Vedanta Gurukulam, monastério em Joliet, Illinois.

Swami Gurusharanananda Giri

Swami Gurusharanananda Giri nasceu como Tapaswini Dash em uma família muito espiritual. Ela cresceu cercada por sua família e pela comunidade amorosa em um vilarejo perto de Pattamundai, Odisha. Ela frequentou a Utkal University em Bhubaneswar, Odisha e se formou em ciências.

Aos 21 anos, em 2002, Tapaswini participou do primeiro Curso de Treinamento Residencial Bramachari.

Em 2004, surgiu a oportunidade de morar num ashram e servir a seus mestres quando o seu guru, Paramahamsa Prajnanananda, a convidou para se juntar ao novo Hariharananda Balashram, onde serviu com alegria de 2004 a 2017.

Em 2009, Tapaswini foi iniciado no brahmacharya e recebeu o nome de Dhyanamayee. Foi depois disso, seguindo as instruções de Paramahamsaji, que ela começou a viajar para o ocidente. Em 2009 e 2010, ela visitou muitos países da Europa, participando de programas de Kriya Yoga e visitando ashrams e centros de Kriya Yoga europeus.

Em 2012, seguindo a tradição, ela foi iniciada em sannyasa por Paramahamsaji e recebeu o nome de Swami Gurusharanananda Giri.

Em 2017, ela se mudou para os Estados Unidos e trabalha no ashram do Templo da Compaixão, no Texas.

Swami Sarvatmananda Giri

Em 1964, Sunita Joshi nasceu em uma família tradicional de brâmanes no distrito de Indore de Madhya Pradesh, Índia. De natureza inerentemente gentil, quando criança era introvertida e tímida. A busca por conhecer a verdade foi instilada nela desde muito jovem. Enquanto crescia, ela foi abençoada com a orientação inestimável de seus pais espirituais e seu guru Pandit Shriram Sharma Acharya, que nutriu nela uma busca sincera por Deus.

Quando jovem, ela conseguiu um emprego no governo estadual, no Departamento de Engenharia de Saúde Pública, enquanto cursava artes plásticas. Então, alguns anos depois, em 24 de fevereiro de 1994, o curso de sua vida mudou para sempre. Naquele dia memorável, ela conheceu Sua Santidade Paramahamsa Hariharanandaji no Rourkela Ashram na Índia e foi iniciada na Kriya Yoga. De 1995 a 1996, pela graça de Deus, ela teve a bela oportunidade de praticar a meditação Kriya Yoga na auspiciosa companhia de Paramahamsa Hariharanandaji no Rourkela Ashram. Fortificada com as instruções esclarecedoras do Mestre, ela voltou novamente à sua carreira, sentindo-se profundamente inspirada e com uma determinação ainda maior de praticar a meditação Kriya Yoga.

Em 2002, Sunita participou do primeiro Curso de Treinamento Residencial Brahmachari no Hariharananda Gurukulam sob a orientação direta de Paramahamsa Prajnananandaji e outros monges seniores. Dois anos depois, em 2004, ela desistiu de sua carreira e de todas as atividades mundanas para se juntar ao Hariharananda Balashram, sob a direção de seu mestre Paramahamsa Prajnananandaji, dedicando assim sua vida em tempo integral às práticas espirituais e ao serviço fiel ao Mestre.

Sunita foi iniciada no naishthika brahmacharya por Paramahamsa Prajnananandaji em 23 de fevereiro de 2009, e recebeu o nome de Brahmacharini Shantimayi. Então, em 20 de fevereiro de 2012, tendo completado quatro anos de serviço dedicado, ela foi ordenada na ordem monástica Giri e recebeu o nome de Swami Sarvatmananda (bem-aventurança do Ser onipresente).

Swami Purnatmananda Giri

Swami Purnatmananda Giri é um monge da linhagem dos mestres da Kriya Yoga Paramahamsa Hariharananda e Paramahamsa Prajnanananda. Nascido na Índia e formado como engenheiro industrial, ele veio para os Estados Unidos, cursou o ensino superior e trabalhou por mais de uma década. Ele foi iniciado no caminho sagrado da Kriya Yoga em 1992 e juntou-se ao ashram em 2005 para servir ao seu Guru e à humanidade em geral. Ordenado na ordem monástica Giri, seu nome, Swami Purnatmananda Giri, significa ‘bem-aventurança da consciência completa da alma’. Ele atualmente reside no Templo da Paz, Denver, Colorado.


Swami Sahajananda Giri

Swami Sahajananda nasceu em uma vila pitoresca em Odisha, Índia. Swamiji foi abençoado com o darshan de Paramahamsa Hariharanandaji enquanto estudava na faculdade. O breve encontro deixou uma marca indelével em sua mente, que o levou a procurar o mestre quando ele se mudou para os EUA para trabalhar e estudar. Em 2000, ele visitou o ashram de Homestead na Flórida para encontrar o grande Guru e com suas bênçãos aprendeu a meditação da Kriya Yoga.

Em 2010, com as bênçãos de Paramahamsa Prajnananandaji, swamiji deixou a vida profissional e ingressou no monastério. Em 2016, Paramahamsaji o abençoou e o ordenou monge na ordem Giri com um nome mais adequado para sua atitude de alegria espontânea. Sahajananda significa aquele que se regozija na alegria do Ser.

Swamiji reside no Kriya Vedanta Gurukulam, o monastério em Joliet, Illinois. 

Swami Chidrupananda Giri

(As informações biográficas não estão disponíveis no momento.)

 

 

 

 

 

Yogacharyas na América


Yogacharya Suresh Kodolikar

O Yogacharya Suresh Kodolikar vive com sua esposa, Niva, e duas filhas, Neeyata e Samata, em Ellicott City, Maryland. É arquiteto com Mestrado na Universidade Católica da América.

Conheceu Paramahamsa Hariharananda através de sua esposa, Niva, no Ashram de Karar, em 1974. O avô de Niva costumava meditar com Swami Shriyukteshwarji e Baba Hariharananda no Ashram de Karar e sua família tem praticado Kriya Yoga por gerações.

O Yogacharya Suresh Kololikar foi iniciado por Gurudev Baba Hariharananda em 1975, em Nova Iorque, e autorizado a iniciar em 1980. Desde 1977, é líder do centro de Ellicott City e membro do conselho administrativo do Kriya Yoga Institute, desde 2004.

Conforme a sua agenda permite, ele viaja nos Estados Unidos iniciando e ensinando Kriya. Considera que os seus mais de trinta anos de prática ajudam-no a levar a sua vida de uma forma pacífica e harmoniosa, permitindo-lhe, também, ter uma profunda compreensão das situações da vida, com certo grau de compassivo desapego.

Yogacharya Bhadrayu Pandya

O Yogacharya Bhadrayu Pandya vive em Cincinnati, Ohio, com a sua esposa Sadhana, e dois filhos, Rupal e Umil. É formado em Engenharia Mecânica na Índia, e tem Mestrado em Engenharia Industrial nos Estados Unidos.

Conheceu Baba Hariharananda em 1975, em Nova Iorque, e começou a ministrar iniciações em 1996. É líder do centro de Kriya Yoga de Cincinnati, e dá suporte aos discípulos, orientando, ensinando e guiando meditações.

Viaja pelos Estados Unidos e América Latina ensinando Kriya. Passou por profundas mudanças pessoais desde que começou a praticar a Kriya Yoga, e é grato pela oportunidade de poder ajudar as outras pessoas a conseguirem mudanças positivas em suas próprias vidas.

Yogacharya John Thomas Lopategui

O Yogacharya John Thomas Lopategui nasceu no Brooklyn, em Nova Iorque, e morou no Brasil por muitos anos. Em 1978, em Nova Iorque, foi abençoado com a iniciação em Kriya Yoga por Paramahamsa Hariharananda, o que mudou e redirecionou sua vida.

Em 1998, sob a orientação de Gurudev, teve a oportunidade de organizar programas com Paramahamsa Prajnanananda para introduzir a Kriya Yoga no Brasil. Fundou o primeiro centro em Brasília e, em 2000, o segundo centro, em São Paulo. Foi líder do centro de Brasília de 1998 a 2001, quando então se mudou, com a sua família, para Miami para ficar perto de Gurudev em seus últimos anos de vida.

Atualmente, ele é Secretário do Conselho Diretor do Centro-Mãe. É formado em História, tem mestrado em Educação e está fazendo PhD em Educação, com especialização em Desenvolvimento de Recursos Humanos. Em Maio de 2007, foi autorizado a ensinar a Kriya Yoga.

Yogacharya Amit Chatterjee

Amit e sua esposa Soma foram iniciados na Kriya Yoga em junho de 2002 em Balighai, Índia, por Paramahamsa Prajnananandaji. Mais tarde, seus dois filhos também foram iniciados por Paramahamsaji em 2011 e 2014, respectivamente. Os pais de Amit também foram iniciados por Paramahamsaji. Atualmente, Amit e sua família moram perto de Seattle, Washington.

Paramahamsaji instruiu Amit a guiar as meditações no ano de 2014 e a ensinar Kriya Yoga em 2018.

Amit se formou em Eletrônica em 1984 no Instituto Indiano de Tecnologia, Kharagpur, Índia. Ele completou seu mestrado em Engenharia da Computação pela mesma universidade em 1985. Amit recebeu a medalha de ouro do presidente da Índia em 1984, a medalha de ouro da Associação de Alunos em 1985 e o prêmio Aluno Distinto em 2010.

Amit trabalhou na Microsoft Corporation por 30 anos, passando o mesmo tempo em Redmond (EUA) e Hyderabad (Índia). Ele ocupou muitos cargos importantes na empresa, incluindo a função de Diretor Gerente do Centro de Desenvolvimento da Índia em Hyderabad. Amit decidiu deixar a Microsoft em janeiro de 2019 para que pudesse servir a seu Gurudev em qualquer cargo que fosse solicitado.

Yogacharya Elizabeth Tackenberg

A Yogacharya Elizabeth Tackenberg conheceu Baba Hariharananda em 1982, em Nova Iorque, e foi iniciada por ele em julho de 1983. Em 1985, sob a supervisão de Baba Hariharananda, começou a guiar meditações em grupo. Em 1996, tornou-se yogacharya e começou a iniciar outras pessoas.

Ela é arquiteta, presidente e proprietária da Tackenberg Architecture, e membro ativo do Instituto Americano de Arquitetos. Vive em Miami Beach, na Flórida. Vem prestando serviço como uma ativa líder de centro e faz parte da diretoria do Kriya Yoga Institute desde 1985. No início das atividades de Baba Hariharananda nos Estados Unidos, ela colaborou muito, primeiramente em Nova Iorque, e depois na Flórida.

Em 1995, organizou o Primeiro Seminário Internacional de Kriya Yoga nos Estado Unidos, que foi o maior encontro internacional de estudantes já realizado no Ocidente até aquela época. O seu serviço permitiu que Paramahamsa Hariharananda se instalasse na região de Miami pelo resto dos seus dias. Ela também trabalhou como arquiteta no projeto conceitual do novo salão de meditação do Centro-Mãe.

Embora seja dinâmica, ela aproveita intensamente os seus momentos de solidão e oração. Gosta, especialmente, de divulgar a mensagem da Kriya Yoga.

Yogacharya John Williams

O Yogacharya John Williams conheceu Paramahamsa Hariharananda em Nova Iorque, nos anos 80. Mais tarde, recebeu dele a iniciação na Kriya Yoga. É um aluno fiel desde aquele primeiro encontro. Nascido na Jamaica, John Williams é um bem sucedido diretor artístico e dirige o seu próprio negócio. Ele é o yogacharya do Centro de Kriya Yoga de Nova Iorque e viaja pelos Estados Unidos, ensinando e iniciando.

 

 

Yogacharya Durga Chunduri

Durga Chunduri é a yogacharya do centro de Kriya Yoga de Chicago. É diretora do projeto Hand in Hand USA, criado para levantar recursos financeiros para as clínicas de saúde e escolas iniciadas pela Missão Prajnana, na Índia. Ela começou a iniciar e a ensinar Kriya Yoga em 1998.

Ela é casada com Sinha S. Chunduri e tem um casal de filhos, Krishna Chunduri e Bhavani Ravi. Durga obteve um título de Bacharel na Índia e trabalha com gerenciamento de escritórios e de contas médicas. A sua casa vem sendo um ponto de encontro para os estudantes de Kriya por muitos anos.

Yogacharya Srinidhi Baba

O Yogacharya Srinidhi Baba começou a praticar Kriya Yoga em 1988. Em 1992, conheceu o seu guru Paramahamsa Hariharananda, em Nova Iorque, onde passou a meditar com o grupo e, depois, no Ashram de Homestead, na Flórida. Aqueles momentos com o seu Guru foram extremamente preciosos, ocasião em que recebeu o amor, a compaixão e a direção dele. Srihidhi e sua esposa Prathima têm um casal de filhos. Em 1995, iniciaram o Centro de Kriya Yoga de Denver. Como líderes, organizaram vários retiros nas montanhas, bem como eventos para levantar fundos para o orfanato Hariharananda Balashram. Foi autorizado a ensinar Kriya Yoga em 2007.

Em 1982, Srinidhi Baba fez PhD em Ciência da Computação, na Universidade Metodista do Sul, Dallas, Texas. Atualmente, é Gerente de software de uma empresa de telecomunicações.

Yogacharya David Strassner

O Yogacharya David Strassner é natural de Rochester, Nova Iorque. Começou sua vida profissional aos dezoito anos e tem trabalhado como fabricante de relógios desde 1978. É casado e tem dois filhos.

David Strassner conheceu Paramahamsa Hariharananda em 1988, em São Francisco, Califórnia. Logo, sentiu que Baba era uma pessoa divina e foi abençoado ao receber dele a iniciação. Depois disso participou de muitos programas conduzidos por Baba em várias cidades dos EUA e da Europa, e teve muita sorte de passar tanto tempo com ele.

Em 1996, formou o grupo de Kriya Yoga em Rochester, Nova Iorque, e serviu como líder do centro por muitos anos. Em 1997, foi autorizado por Paramahamsa Hariharananda a guiar as meditações em grupo de Rochester. Em 2007, foi autorizado a ensinar Kriya Yoga por Paramahamsa Prajnanananda.

Yogacharya Richard Peterson

O Yogacharya Richard Peterson foi iniciado em Kriya Yoga por Paramahamsa Hariharananda, em 1979, em Edmonton, Alberta, Canadá. É casado com Judy, também iniciada em 1979, têm dois filhos e moram em Los Angeles, Califórnia.

Richard Peterson tem Mestrado em Ciências Sociais, é graduado em Educação e ensina música e inglês na Escola Distrital Unificada de Los Angeles. Ele foi autorizado a ensinar Kriya Yoga em maio de 2007, por Paramahamsa Prajnanananda.

 

 

Yogacharyas na Europa


Rajarshi Peterananda

Peter Van Breukelen é conhecido por seus alunos como Rajarshi Peterananda. Vive em Sterksel, na Holanda, com a sua esposa Silvia e as filhas Dana, Maria e Teresa. Tem dedicado a sua vida a ensinar Kriya Yoga e mantém a sua casa como um ashram de Baba Hariharananda.

Em 1974, Peter conheceu Paramahamsa Hariharananda e recebeu a iniciação no Ashram de Karar, em Puri, Índia. Ele viaja pela Europa, Ásia e América, oferecendo suporte espiritual aos alunos. Desde 1993, é diretor do Centro de Kriya Yoga em Sterksel, e membro do conselho administrativo do Centro de Kriya Yoga em Tattendorf, desde 1998.

Yogacharya Christine Jacobsen

 A Yogacharya Christine Jacobsen vive em Viena. Foi discípula de Baba Hariharananda por muitos anos e é yogacharya desde 1996. Viajou ao redor do mundo com Baba Hariharananda e está constantemente ajudando as organizações da Kriya Yoga. Também ajudou a fundar o Ashram de Kriya Yoga na Áustria.

 

 

 

Yogacharya Claudia Cremers

A Yogacharya Claudia Cremers nasceu na Holanda, estudou música e direito em Amsterdam e fez pós-graduação em administração governamental em Paris (ENA). Desde 1987, trabalha como funcionária do governo para assuntos internacionais.

Em 1987, foi iniciada na Kriya Yoga por Rajarshi Peter Baba, e conheceu Gurudev Baba Hariharananda em 1990, em Nova Iorque. Ela viajou com frequência para a Índia, Europa e Estados Unidos, para servir e meditar com Gurudev. Em maio de 2007, recebeu autorização de Paramahamsa Prajnanananda para ensinar Kriya Yoga.

Yogacharya Petra Helwig

A Yogacharya Petra Helwig foi iniciada na Kriya Yoga em 1989. Em 1991, conheceu Gurudev Baba Hariharananda nos Estados Unidos, que lhe concedeu uma bênção para ela se casar com Frans. Eles viajaram para a Índia, para se encontrar com Baba. Petra· foi bailarina, coreógrafa e professora de dança até 1990. Tem dois filhos e foi autorizada a ensinar Kriya Yoga, em maio de 2007, por Paramahamsa Prajnanananda.

 

 

Yogacharyas na Índia


Yogacharya Sibaram Rath

O Yogacharya Sibaram Rath nasceu em Bhavanipatna, Kalahandi, Orissa, Índia. É casado e tem quatro filhos. Foi iniciado na Kriya Yoga por Baba Hariharananda em 1970 e, em 1978, Gurudev o autorizou a ensinar Kriya Yoga.

Fez Mestrado em Ciências Sociais, mas agora está aposentado, tendo mais tempo para se dedicar a ensinar e a treinar pessoas que buscam o caminho espiritual da Kriya Yoga.

 

Yogacharya Anil Girdhar

O Yogacharya Anil Girdhar foi iniciado na Kriya Yoga em 1973, em Nova Deli, Índia, por Paramahamsa Hariharananda. Se tornou yogacharya em 1992, quando Baba o autorizou a iniciar outras pessoas na Kriya Yoga e a propagar os ensinamentos dos mestres. Por muitos anos, serviu como líder do centro de Mumbai. Em 2006, mudou-se para Deli, onde está atualmente ensinando e guiando meditações. Tem viajado e iniciado as pessoas ao redor do mundo, onde quer que os seus serviços sejam requisitados.

É casado e trabalha como Diretor de Desenvolvimento de Negócios. Possui os títulos acadêmicos de BSc (com honras), PGDMM e MBA.

O Yogacharya Anil Girdhar acredita que todos aqueles que seguem o caminho da Kriya Yoga sempre devem manter o seu foco na “Kriya”, porque ela é uma “parte essencial e um modo de vida na jornada em direção à realização de Deus”.

Yogacharya Sidheswar Sahu

O Yogacharya Sidheswar Sahu é professor aposentado de Engenharia Elétrica. Vive em Cuttack, Orissa, Índia. É casado e pai de dois filhos. Conheceu Paramahamsa Hariharananda em 1982, em Rourkela, Índia e, no mesmo ano, Baba o iniciou na Kriya Yoga. Em 1996, foi autorizado por Gurudev a ensinar essa técnica e a guiar os buscadores no caminho espiritual.

A sua dedicação à prática da Kriya Yoga concedeu-lhe a oportunidade de testemunhar as várias formas milagrosas e poderosas com que essa maravilhosa técnica impactou a sua vida, espiritual e fisicamente. Com sincera exaltação, o Yogacharya Sidheswar Sahu conta aos alunos que a Kriya Yoga salvou-o “das garras da morte pelo menos em duas ocasiões” e, como resultado das muitas experiências que lhe aconteceram, desde que pratica Kriya, ele proclama com confiança que: “Kriya Yoga é a panaceia para todos os problemas humanos”.

Yogacharya Jay Narayan Mishra

Endereço: Bhima Bhoi Road, (Behind military recruitment office), Professor Colony, P.O. Budharaja, Dist. Sambalpur, Orissa – 768004 INDIA

 

 

 

Yogacharya Sakuntala Pandya

A Yogacharya Sakuntala Pandya é amorosamente chamada pelos estudantes da Kriya como Ma. Ela conheceu Paramahamsa Hariharananda em Jagannath, Puri, em 1976. Em julho daquele ano, Gurudev iniciou-a na Kriya Yoga. Desde então, ela vem ajudando os que trilham a espiritualidade no caminho da Kriya Yoga.

A Yogacharya Sakuntala Pandya é casada e mãe de cinco filhos. Juntamente com os seus deveres de dona de casa, ela se dedica ao serviço comunitário e é especializada em acupressura.

Seguir o caminho da Kriya Yoga foi para ela uma experiência que mudou sua vida. Todos os dias, ela se sente abençoada pela paz interior. Ela deseja que todas as pessoas aprendam a Kriya Yoga e recebam os benefícios divinos dessa técnica maravilhosa.

Yogacharya Swapna Chatterjee

A Yogacharya Swapna Chattopadhya foi iniciada na Kriya Yoga por Paramahamsa Hariharananda em 1974, em sua cidade natal, Sambalpur, Orissa, Índia. Em 1990, Gurudev autorizou-a a guiar aulas de meditação em Calcutá e Howrah. Em 27 de maio de 2007, no Dia do Centenário do amado Gurudev, ela foi autorizada a ensinar a técnica da Kriya Yoga para os aspirantes espirituais.

A Yogacharya Swapna Chattopadhya é uma dona de casa, esposa e mãe de dois filhos. Possui mestrado em Economia. A música, os estudos das escrituras e escritos sobre a realização espiritual são alguns de seus passatempos preferidos. Ela também ajuda sua comunidade fornecendo educação para aqueles que são menos favorecidos.

Considera a prática da Kriya Yoga como um elemento essencial não apenas para manter uma ótima saúde física e mental, mas, principalmente, para alcançar a realização em Deus. Sente que Kriya “enriquece o seu poder vital”, “aumenta o amor e o perdão pelos outros” e que, finalmente, nos tornará seres humanos melhores.

Yogacharya K.L Kantha Rao
Yogacharya Kantha Rao é um chefe de família casado, ex-professor graduado em matemática em Chilakaluripeta, Andhra Pradesh, e pai de dois filhos. Em 1991, ele foi abençoado com o sagrado darshan de Paramahamsa Hariharanandaji no Rourkela Ashram na Índia, onde recebeu a iniciação no caminho divino da Kriya Yoga. Sua família também foi iniciada na Kriya Yoga. Falando de seu amado Mestre, ele relembra: “Seu toque sagrado acalmou minha mente e senti a vibração divina onde quer que ele me tocasse. Quando vi a foto de Gurudev pela primeira vez, imediatamente senti como se o conhecesse de muitas vidas atrás.” De fato, após seu primeiro encontro com o Mestre, ele e sua família estavam bem convencidos de que viveriam e morreriam como filhos de Gurudev.

Yogacharya Krishna Rao Daund
Em 1979, Shri Krishna Rao Daund veio para o caminho divino da Kriya Yoga. Depois de praticar fielmente essa técnica abençoada por muitos anos, em 1994, pela graça amorosa de Gurudev Paramahamsa Hariharanandaji, ele foi iniciado na segunda Kriya. Depois disso, ele recebeu outras iniciações em Kriyas superiores de Guruji Paramahamsa Prajnananandaji.

Inicialmente Krishna Rao Daund foi até Paramahamsa Hariharanandaji procurando aprender Astrologia Cósmica; entretanto, ao encontrar o sábio divino, percebeu que realmente havia conhecido alguém que poderia realmente guiá-lo no caminho da autorrealização e da verdade. Mais tarde, toda a sua família, incluindo sua esposa, filhos e filhas, foram iniciados na Kriya Yoga. Ao longo de sua vida, ele conduziu muitas pessoas ao caminho real da Kriya Yoga, a panaceia divina para o sofrimento humano. Como resultado de sua diligência e esforço incessante em dominar esta técnica divina, Guruji o autorizou a ser um yogacharya em dezembro de 2011.

Yogacharya Smt. T. Neeraja
Yogacharya Smt. T. Neeraja, nativa de Cheepurupalli Village no distrito de Vizianagaram de Andhra Pradesh, vem de uma família imersa na tradição da Kriya Yoga. Ela é filha do falecido Yogacharya Dr. M. Kameswara Rao e da quarta geração de sua família, que recebeu a iniciação em Kriya Yoga do eminente mestre de Kriya Yoga Paramahamsa Hariharanandaji.

Depois de se formar na faculdade em comércio, ela teve uma carreira acadêmica brilhante por muitos anos. No ano 2000, ela começou a transmitir valores humanos às crianças como professora, uma prática que continua até hoje.

Smt T. Neeraja foi iniciada no caminho de Kriya Yoga em 1986 e recebeu o título de Yogacharya em 2016, por meio das bênçãos de Paramahamsa Prajnananandaji. Ela atualmente reside em Visakhapatnam, Índia.

lotus2Amorosamente In Memorian


Swami Brahmananda Giri

Satyendra Nath Ray nasceu em 8 de fevereiro de 1947, em Bengala, Índia. Após completar os seus estudos, trabalhou para o departamento de educação do estado de Orissa. Sempre levou uma vida de brahmacharya, uma vida de moderação dos sentidos, mesmo enquanto realizava as suas atividades materiais. Conheceu Paramahamsa Hariharananda em 1976 e recebeu a iniciação em Kriya. Em 1993, foi iniciado como Brahmachari por Gurudev, com o nome de Brahmachari Brahmananda. Também foi autorizado por Gurudev a ensinar Kriya Yoga e, no mesmo ano, começou a residir no ashram, em Rourkela. Em 1996, foi iniciado como monge por Gurudev e recebeu o nome de Swami Brahmananda Giri. Depois, ele se mudou para o Ashram de Kriya Yoga em Jagatpur, Cuttack e encarregou-se das atividades do ashram. Começou percorrendo toda a Índia, bem como viajando frequentemente para a Europa e Estados Unidos para transmitir a mensagem da Kriya Yoga através de sua humilde e profunda sabedoria.

Mensagem do Mestre Paramahamsa Prajnanananda:

Alma Amorosa e Divina,

Desapareceu uma estrela brilhante no horizonte da tradição da Kriya. Um amado discípulo de Gurudev, um buscador da Verdade, sincero e silencioso, um professor humilde e amoroso, conhecido por sua simplicidade e compaixão, Swami Brahmananda Giri, que nós todos amávamos como um irmão mais velho, respirou pela última vez no dia 2 de abril de 2006, às 04h43min da madrugada, no horário padrão da Índia (1º de abril na tradição Védica). Embora tenha nos deixado fisicamente, ele estará sempre em nossos corações e mentes.

Gurudev o chamou de volta muito mais cedo do que esperávamos. Com certeza, a sua alma está descansando na morada celeste, na companhia amorosa de nosso amado Gurudev. O seu amor e a sua amabilidade, a sua sincera prática de meditação, a sua devoção a Deus e aos Gurus ajudará todos os buscadores espirituais nos tempos vindouros. Sem dúvida, é uma grande perda para nós e muitos kriyavans em todo o mundo sentirão a sua falta. Os seus ensinamentos guiarão a todos. A sua vida dedicada a Gurudev, por mais de três décadas, e o seu serviço sincero aos kiyavans em particular, e à humanidade em geral, inspirarão a todos nós. Nós o amamos e continuaremos a amá-lo como um filho de Gurudev.

Esse é também um momento muito auspicioso na Índia. O bhu-samadhi será realizado na tarde do dia 3 de abril, no Hariharananda Gurukulam, em Balighai.

Todos vocês, por favor, orem e meditem. Intensifiquem a sua prática de Kriya em sua amorosa memória.

Que a sua vida de simplicidade nos inspire em nossa vida cotidiana.

Estou orando por todos vocês.

Por favor, sejam fortes, orando e meditando durante esse momento difícil.

Com amor,

Prajnanananda

2 de abril de 2006

 

Amorosamente In Memorian


Yogacharya Miguel Bermudez

O Yogacharya Miguel Bermudez nasceu em Bogotá, Colômbia, cresceu na Califórnia e retornou para a Colômbia. Desde que se formou em Economia, ficou permanentemente envolvido pela vida acadêmica. Passou um ano no Centro Internacional para o Desenvolvimento de Gerenciamento em Educação da Stanford Business School e, depois, em Harvard, onde recebeu a graduação de Mestre. Paramahamsa Hariharananda o iniciou na Kriya Yoga durante a sua primeira visita à América, em 1975. Poucos anos antes de Baba Hariharananda deixar o seu corpo, nomeou Miguel Baba como yogacharya. Ele combinava o atarefado cargo de Vice-Reitor da Universidade de Jorge Tadeo, com a condução de meditação guiada, várias vezes por semana, em Bogotá, e com viagens para outros centros da Colômbia.

Mensagem do Mestre Paramahamsa Prajnanananda:

Alma amorosa e divina,

Após a bela Cerimônia de Encerramento das Comemorações do Centenário de Gurudev, em Cuttack, Orissa, agora tenho que lhes transmitir uma triste notícia.

O Yogacharya Miguel Bermudez, um antigo discípulo de Gurudev que, por mais de três décadas, foi um forte pilar da missão de Gurudev na América do Sul, especialmente na Colômbia, já não se encontra entre nós. Nesta manhã, ele deixou precocemente o seu corpo para estar com Deus e os Gurus. A despeito de suas condições físicas, esteve presente na Cerimônia de Encerramento do Centenário, na Índia. Lembro-me de seu rosto alegre e sorridente quando me encontrei com ele há três semanas atrás, na Índia.

A sua contribuição na divulgação da mensagem da Kriya Yoga já é memorável. A sua fé inabalável em Deus e nos Gurus é um exemplo brilhante. Oremos a Deus e aos Gurus para que seja pacífica a sua jornada para a casa divina.

Com amor,

Prajnanananda (18 de junho de 2007)


Amorosamente In Memorian


Yogacharya Santosh Kumar Choudhury

Desde a idade de sete anos, quando foi morar no Ashram de Gurudev, em Puri, Santosh Kumar Choudhury foi divinamente abençoado com a orientação amorosa de seu mestre, Baba Hariharanandaji. Ele recebeu a sua formação escolar básica no ashram e na Escola Zila Puri. A partir daí, c

ontinuou os seus estudos e fez Mestrado em Ciências Sociais, Bacharelado em Educação, tornando-se o assistente de direção de uma escola de ensino médio.

O Yogacharya Santosh Kumar Choudhury foi casado com Doly Choudhury e tiveram dois filhos, Anjan e Kaushik. Em 27 de Maio de 2007, o dia do Centenário do Amado Gurudev, ele foi autorizado a ensinar as técnicas da Kriya Yoga aos aspirantes espirituais.

Foi um defensor humilde e dedicado da Kriya Yoga. Quando lhe pediam para comentar sobre a Kriya Yoga, ele repetia as palavras que Baba dizia com tanta freqüência: ”Kriya Yoga é o caminho mais fácil e curto para realizar Deus”.


Amorosamente In Memorian


Swami Divyananda Giri

Swami Divyananda Giri, anteriormente conhecido como Michael Tobe, foi um dos primeiros líderes do Centro de Nova Iorque. No final de 2004, sofrendo de um câncer terminal, o seu desejo foi o de se tornar um renunciante. Pediu que Paramahamsa Prajnanananda lhe concedesse sannyas como o seu último desejo. O seu pedido foi atendido. No auspicioso dia sete de dezembro, ele recebeu sannyas, que lhe foram concedidos em particular, de forma discreta, para fortalecer a sua prática pessoal de meditação e aprofundar o seu relacionamento com Deus e com os gurus. Ele deixou o seu corpo mortal 8 meses depois, em 20 de agosto de 2005, as 08h35min.

No início dos anos 80, era líder do Centro de Nova York, quando lhe foi confiada a responsabilidade de cuidar de Baba Hariharananda, bem como de guiar as meditações aos domingos e de organizar os eventos. Naquela época, o centro era pequeno, mas ele fazia o seva necessário (serviço abnegado). Os kriyavans de Nova York lembraram-se dele carinhosamente colando enormes cartazes, agora famosos, nas áreas de East Village e Soho, anunciando a visita de Baba. Qualquer pessoa a caminho da cidade de Nova Iorque poderia ver, em todo lugar, aqueles pôsteres enormes de Baba Hariharananda sorrindo. Todos nós buscamos refúgio sob o guarda-chuva de amor dos Gurus. Swami Divyananda buscou o seu refúgio nos Gurus e em Baba. Agora, o seu refúgio está completo. Nós nos lembraremos de nosso amigo e irmão, Swami Divyananda Giri.


Amorosamente In Memorian


Swami Akhandananda Giri

Conhecido como Prakash Chandra Shrivstav em seus dias pré-monásticos, Swami Akhandananda Giri nasceu no distrito de Madhya Pradesh, Índia. Casado ainda jovem, o seu amor pela matemática e literatura levou-o a seguir uma carreira de professor na escola local, em Bemetara.

Após o falecimento de sua esposa, o seu destino tomou um novo rumo. Naturalmente voltado para a espiritualidade, a sua atração em aprender a antiga e divina técnica de Kriya Yoga foi inflamada após a leitura do livro Autobiografia de um Iogue, de Paramahamsa Yogananda.

Em 2000, enquanto morava em Durg, ele foi iniciado na Kriya Yoga por Swami Brahmananda Giri. Pouco depois, devido à sua grande dedicação, tornou-se vice presidente do Centro de Kriya Yoga de Durga.

Em 2003, Swamiji mudou-se para o Hariharananda Gurukulam, em Balighai. Enquanto morava lá, ele traduziu vários livros do inglês para o hindi para a Missão Prajnana. Em 2007, em seu 70º aniversário, durante a auspiciosa Celebração do Centenário do amado Gurudev, ele recebeu de Paramahamsa Prajnananda a iniciação de monge. Todavia, poucos meses após a sua iniciação, o seu destino, uma vez mais, tomou um outro rumo e Swami Akhandananda deixou o seu corpo físico, que agora está sepultado no Hariharanada Gurukulam.


Amorosamente In Memorian


Swami Gurupremananda Giri

Em sua vida pré-monástica como dona de casa, esposa e mãe de cinco filhos, ela era chamada Shrimati Baidehi Dash. Nós somos muito gratos a essa divina mãe por ter trazido ao mundo Triloki Dash (agora conhecido como Paramahamsa Prajnanananda). Os seus deveres materiais eram sempre realizados com o maior amor a Deus e à sua família, enquanto ela cuidava e cultivava as sementes divinas da aspiração espiritual em seus filhos. Agora, após receber os votos de sannyasi, ela estende esse mesmo amor cuidadoso e é uma fonte de inspiração para toda a família mundial. Ao longo de sua vida, Swami Gurupremananda tem servido como um exemplo vivo da beleza e da compaixão de Deus.

Ela tem praticado a Kriya Yoga desde o início da década de 80, quando conheceu Gurudev Paramahamsa Hariharananda, no Ashram de Karar, e se tornou sua discípula. Alguns anos atrás, após a morte de seu marido, foi residir no ashram de Balighai, Hariharananda Gurukulam. Em 2007, Paramahamsa Prajnanananda lhe deu a iniciação de monja e lhe conferiu o nome de Swami Gurupremananda, que significa “amor pelo guru”.

Após o falecimento de Swami Gurupremanandaji no dia 5 de fevereiro de 2009, o seu corpo mortal foi removido do Ashram de Jagatpur, Cuttack e levado para o ashram de Balighai, com uma parada para o darshan no Templo de Jagannath, em Puri. Ao chegar ao Hariharananda Gurukulam, onde o seu corpo foi exposto à visitação, muitos devotos vieram prestar as suas homenagens e ter o seu último darshan. Depois, o seu corpo foi carregado pelos devotos, em procissão, para o samadhi mandir de Gurudev Paramahamsa Hariharananda e, a seguir, para o local do seu samadhi. A tradicional cerimônia de sepultamento de monges (bhu-samadhi) foi realizada sob a orientação de Paramahamsa Prajnananandaji, no início da tarde, na presença de muitos monges e devotos. Houve recitação da Bhagavad Gita, cantos devocionais e orações da tarde.

No dia 20 de fevereiro de 2009, haverá uma tradicional celebração de monges no Hariharananda Gurukulam, na qual muitos monges se reunirão para oferecer as suas orações. Nessa grande celebração, devotos e moradores das áreas vizinhas também se reunirão para recordar as várias e grandes contribuições de Gurupremanandaji. O evento se encerrará com recitações devocionais e alimentação dos monges e outros visitantes.

Várias pessoas de todo o mundo estão perguntando o que podem fazer e nós, humildemente, pedimos que elas orem e meditem.

5 de fevereiro de 2009

Com profundo pesar, comunicamos que Swami Gurupremananda Giri respirou pela última vez hoje, dia 5 de fevereiro de 2009, às 13:25h (horário padrão da Índia), em Cuttack, Orissa, Índia. Durante a sua vida de mãe de família, ela deu ao mundo o seu mais belo presente, Triloki Dash, que mais tarde tornou-se Paramahamsa Prajnanananda. Ela foi o seu modelo de amor e compaixão. Ela sempre tinha palavras de amor para todos e, com amor, acolheu a todos que a procuraram. Os seus olhos brilhantes e o seu belo sorriso abriam o coração de todos. Ela sempre tinha palavras de inspiração e encorajamento. Sentiremos profundamente a sua falta.

Oremos pela sua jornada pacífica até o Pai Celestial.

“Oh, meus filhos! Sejam sempre bons em suas vidas. Sirvam a Deus e aos sadhus e alcancem a realização”. Com essas lindas e suaves palavras de sabedoria, Swami Gurupremananda encoraja e instrui todos os que buscam o caminho da Verdade.

Mensagem do Mestre Paramahamsa Prajnanananda:

Almas Amorosas e Divinas

Que as bênçãos de Deus e dos Gurus recaiam sobre nós.

Envio minhas orações e votos de felicidades para todos vocês.

Gostaria de expressar o meu profundo amor e gratidão a todos pelo amor e simpatia que vocês expressaram nas cartas que me enviaram após receberem a notícia da partida física de Swami Gurupremanandaji, destinada a ser o instrumento que me trouxe para este mundo. Ela foi uma mãe maravilhosa, que cuidou do meu desenvolvimento como um todo.

Ela foi uma mãe divina para mim. Ela também foi uma parte inseparável de minha existência. Estou orando por ela. Estou orando por todos vocês. Por favor, meditem e sejam divinos.

Com Amor,

Prajnanananda


Amorosamente In Memorian


Swami Amritanandaji

Swami Amritananda Giri, carinhosamente chamada de Aee (Grand Maa), não era apenas uma pessoa amorosa, mas também uma grande enciclopédia viva de literatura. Ela viveu uma longa vida de cerca de 85 anos.

Ela era tia de Swami Gurupremananda Ma, a mãe de nosso amado Prajnananandaji Maharaj. Assim, para nosso Baba Prajnananandaji, ela era a Grande Maa, e também para todos nós.

Ela foi muito generosa e doou toda a sua propriedade para a criação do Hariharananda Balashram. O belo Hariharananda Balashram que agora vemos foi construído em sua propriedade.

Depois de doar sua propriedade, ela viveu como uma vanaprasthi. Em seguida, a tia e a sobrinha receberam sannyas diksha (iniciação monástica) de Prajnananandaji Maharaj no Hariharananda Gurukulam no dia sagrado de Guru Purnima, em 2007. A sobrinha ficou conhecida como Swami Gurupremananda Giri e a tia como Swami Amrutananda Giri. Juntas, eles passaram muito tempo com discípulos, ashramitas, brahmacharis e sannyasis em Hariharananda Gurukulam. Os discípulos costumavam ir até eles para conversar e comer alguma coisa.

Swami Amrutananda Ma tinha uma personalidade humorística. Frequentemente notávamos que, depois que uma pessoa com rosto sombrio a conhecia, ela voltava com um rosto sorridente. Seu sorriso doce e caloroso fez com que todos sorrissem. Ela tinha um amor especial por plantas e animais. Os cisnes do ashram e cães e gatos de rua recebiam sua porção de comida todos os dias. Sempre que ela chamava um gato que amava, ele pulava e dava um beijinho em sua bochecha. Esses são apenas alguns exemplos de quanto amor e amizade ela teve.

Ela era uma grande amante da culinária. Costumava cozinhar vários itens deliciosos e servir os ashramitas e convidados. Ela também era uma grande amante de livros e recitava versos do Bhagavatam e obras poéticas de santos por horas todos os dias. Esta foi uma grande inspiração para todos nós. Qualquer pessoa que a conheceu voltou com um pouco de comida, amor, jnana e bhakti com um sorriso.

Nossa amada Swami Amrutananda Ma voltou para a morada de Deus às 9:17 da manhã na sexta-feira, 16 de agosto de 2013 em Cuttack, Odisha. Seu corpo foi levado para o Balashram, na aldeia de Arua, onde viveu a maior parte de sua vida. Seu corpo receberá o bhu samadhi (sepultamento) no Gurukulam em 17 de agosto. O shodashi bhandara (uma celebração especial para monges falecidos no décimo sexto dia) acontecerá em 31 de agosto.

Sentiremos falta de seu rosto sorridente e bem-humorado no ashram.


Amorosamente In Memorian


Swami Apurvananda Giri

Swami Apurvananda foi um discípulo de longa data; ele conheceu Shri Gurudev em 1973 no Karar Ashram e conheceu seu mestre Paramahamsa Prajnanananda em 2002. Era casado e vivia uma vida familiar feliz e, em 2004, aos 65 anos de idade, veio para o Hariharananda Gurukulam para se tornar um residente. Ele foi iniciado na vida monástica em 2009.

Swami Apurvananda foi uma pessoa de simplicidade, humildade, amor e compaixão que tocou a vida de inúmeras pessoas que visitaram Balighai. Diariamente, ao meio-dia, ele fazia puja e oferecia comida cozida no Deva Mandir, e à noite ele fazia arati em Shri Guru Mandir, soprando a concha e cantando hinos de uma maneira muito devotada. Ele cortava grama para as vacas e as alimentava em Nandini Goshala todos os dias. Estava sempre em paz e alegre, tinha uma natureza muito maternal e se certificava de dar aos residentes e convidados um pouco de leite ou alguma fruta que tivesse colhido.

Ele vinha sofrendo de problemas cardíacos há algum tempo. Visitou Rajasthan para o Go Kripa Mahotsav e depois foi para Dwarka, uma cidade sagrada em Gujarat. Então, ele foi para Ujjain por dois dias e ficou feliz em participar do Kumbhamela. Em seguida, ele se sentiu um pouco desconfortável e foi hospitalizado à noite. Todos nós o visitamos no hospital e, durante esse tempo, ele estava tranquilo e amoroso. Ele deixou seu corpo às 23h45, na cidade sagrada de Ujjain, durante a ocasião especial de Kumbhmela.

Que sua alma descanse em paz. Seu serviço, amor e cuidado por todos, e seu dinamismo e devoção, deixarão uma impressão duradoura na mente de todos os residentes e daqueles que visitaram o Gurukulam.