Almas amorosas e divinas,

Que as bênçãos mais seletas de Deus e dos mestres estejam sobre todos. Aproveito esta oportunidade para orar por vocês e enviar meus melhores votos no Vijaya Dashami, o Dia da Vitória, que neste ano é celebrado no dia 15 de outubro.

Por que celebramos esse dia todos os anos? Para quem queremos a vitória?

Muitas pessoas jejuaram por nove dias (Sarat Navaratri ou Navaratri do outono) e adoraram a Mãe Divina. Hoje é o fim da observância e elas quebram o jejum. Essa é a data em que a Mãe Divina venceu Mahishasura, um rei demoníaco que representou a paixão e o desejo irresistível. Hoje é o dia da vitória do Senhor Rama sobre Ravana, que personificou todos os vícios.

Todos nós temos qualidades demoníacas e divinas. Temos bondade e maldade. Na Bhagavad Gita, o Senhor ensinou um capítulo completo (16) descrevendo essas duas qualidades. Como seres humanos racionais, devemos erradicar os vícios e cultivar as virtudes.

Este é o verdadeiro significado do sadhana: devemos erradicar as fraquezas e cultivar a força para que possamos nos preencher com bondade, amor, paz e compaixão. Essa é a batalha interna da vida humana. Se analisarmos nossas vidas com muito cuidado e meticulosidade e fizermos uma lista humilde de nossos vícios, poderemos facilmente conhecer nossas fraquezas e forças.

Normalmente as pessoas encobrem as suas fraquezas, e tentam evitar que elas sejam expostas demonstrando a sua bondade através de suas palavras e conduta. Mas isso não é real, isso só as torna hipócritas. Assim como os nossos inimigos, e até mesmo germes e bactérias, os vícios ganham força para nos atacar no momento certo. Um ponto a tempo evita outros nove. Devemos combatê-los com muito tato, com uma atitude positiva e devotada.

Um buscador espiritual é sempre sincero e honesto, humilde e submisso. Muitas religiões praticam a confissão, o que torna a pessoa sincera. Lembre-se sempre de que conhecer as nossas fraquezas não nos torna mais fracos; ao contrário, isso nos fortalece o suficiente para nos tornarmos pessoas melhores.

Sadhana é lutar interiormente e eliminar cuidadosamente as nossas fraquezas, que são os nossos verdadeiros inimigos. O Dia da Vitória deve ser uma vitória sobre as forças demoníacas que existem dentro de nós. Por ignorância e pretensão, nós as alimentamos. Chegou o momento de nos livrarmos delas.

Nesta ocasião especial, estou orando para a Mãe Divina e Shri Gurudev para que abençoem cada um de nós com a força interior e a capacidade de lutar contra nossos vícios e vencê-los. Eu também oro pela morte das forças demoníacas na criação para que o mundo seja um lugar melhor.

Eu me curvo a todos vocês, que são a presença viva da Mãe Divina, e desejo sucesso em todas as formas possíveis.

Com amor,
Prajnanananda

Um comentário

Deixar uma resposta

0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar à loja