Por que usamos a cinza sagrada?

A cinza de qualquer objeto que foi queimado não é considerada sagrada. Bhasma (a cinza sagrada) é a cinza do homa (fogo da oferenda) em que uma madeira especial e ghee (manteiga clarificada) e outras ervas são ofertadas como adoração ao Senhor. Ou a Divindade é adorada colocando-se cinza como abhisheka que é então distribuída como bhasma.

Bhasma é geralmente aplicado na testa. Algumas pessoas aplicam na parte superior dos braços, no peito, etc. Alguns ascetas passam por todo o corpo. Muitos consomem uma pequena porção cada vez que a recebem.

A palavra bhasma significa, “aquilo pelo qual os nossos pecados são destruídos e que nos faz lembrar do Senhor”. Bha vem de bhartsanam (destruir) e sma vem de smaranam (lembrar). O significado de bhasma, portanto é a destruição da maldade e a lembrança do divino. Bhasma é chamada de vibhuti (que significa “glória”) porque leva a glória a pessoa que a aplica e raksha (que significa uma fonte de proteção) porque ela protege quem a usa de doenças e do mal, purificando a pessoa.

Homa (oferendas para o fogo sagrado entoando cânticos ) significa a oferta ou a entrega do ego e dos desejos egocêntricos na chama do conhecimento ou por uma causa nobre ou desinteressada. A cinza produzida significa a pureza da mente que resulta destas ações.

Além disso, o fogo do conhecimento queima a oferenda e a madeira, significando a ignorância e a inércia, respectivamente. A cinza que aplicamos indica que devemos queimar a falsa identificação com o corpo e nos tornarmos livres de limitações de nascimento e morte. Isto não deve ser confundido como uma forma melancólica de nos lembrarmos da morte, mas como um poderoso indicador nos remetendo ao fato de que o tempo e a maré não esperam por ninguém.

Bhasma é especialmente associada ao Senhor Shiva que a aplica em todo o Seu corpo. Os devotos de Shiva aplicam bhasma como uma tripundra. Quando aplicada com um ponto vermelho no centro, a marca significa Shiva-Shakti (a união da energia e da matéria que cria todo o universo visível e invisível).

Bhasma tem valor medicinal e é usada em vários remédios ayurvédicos. Ela absorve o excesso de umidade do corpo e previne resfriados e dores de cabeça. Os Upanishads dizem que o famoso mantra Mrityunjaya deve ser entoado enquanto aplicamos a cinza na testa.

Tryambakam yajaamahe
Sugandhim pushtivardhanam
Urvaa rukamiva bhandhanaan
Mrytyor muksheeyamaa amrutaat

“Adoramos o Senhor Shiva de três olhos que nos nutre e espalha a sua fragrância em nossas vidas. Que ele possa nos libertar das garras da tristeza, das mudanças e da morte – sem esforço, como a queda de um pepino maduro de seu caule.”

Leave a Reply

4 × 3 =