27 de março de 2021

Almas amorosas e divinas,

Que as bênçãos mais seletas de Deus e dos mestres estejam sobre todos vocês. Eu aproveito esta oportunidade para orar por vocês, e enviar meus melhores votos nesta ocasião do Pessach e da Páscoa.

O Pessach é uma ocasião especial para os judeus, e a Páscoa é especial para todos os que amam a Cristo. Neste ano, estas duas ocasiões acontecem entre 27 de março e 4 de abril.

O Pessach é o maior festival judaico da primavera, que comemora a libertação dos hebreus da escravidão no Egito. É um evento histórico com um significado espiritual. O povo de Israel foi escravo no Egito, mas Moisés os liberou dessa condição miserável e os levou à terra do leite e do mel.

Espiritualmente, todo ser humano vive como escravo de sua mente turbulenta, ego e órgãos dos sentidos poderosos. Os mestres espirituais como Moisés nos ensinam a como nos tornarmos livres destas forças e a vivermos de maneira livre na terra do amor e da devoção.

A Sexta-feira Santa e a Páscoa são associadas a Jesus, a encarnação do amor, compaixão e perdão.

A Páscoa acontece no primeiro domingo depois da primeira lua cheia que segue o equinócio do verão. Ela celebra a ressureição de Cristo. A sexta-feira santa é a sexta-feira que antecede o domingo de Páscoa, quando é lembrada a crucificação de Cristo.

Na noite de sexta-feira, Jesus foi crucificado. Ele ressuscitou cedo na manhã de domingo. A ressureição possui muitos significados: um deles é a ressureição de Cristo dos mortos; outro é a ressureição dos mortos no Juízo Final.  

Jesus demonstrou que ele conquistou a morte. A morte não tinha sentido para ele, pois ele era um filho imortal de Deus. Todos nós somos filhos de Deus, os filhos da imortalidade (amritasya putrah). Mas o que aconteceu conosco? Vivendo na ignorância e num estilo de vida incorreto, tememos a morte e tateamos na escuridão. Devemos rugir destemidamente como leões. Devemos viver com sabedoria e amor.

Ressureição significa voltar a viver, praticar, lembrar e usar. Nós deveríamos aprender a viver com amor e reviver esse amor nas mentes e corações dos outros. Nós deveríamos aprender a lembrar a nossa relação com o nosso Amado.

A Bíblia Sagrada (Jo 11:25-26) diz, “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá.”

Nós devemos intensificar nosso amor por Deus. Devemos trazer uma nova vida para nós mesmos. Esta celebração nos lembra que devemos viver em constante oração. E que também deveríamos praticar o perdão em nossas mentes e corações. Nós devemos sempre nos lembrar da oração de Jesus na cruz, “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem.”

Estes dias são muito queridos por mim. Estou orando por toda a criação e para que todos os seres vivos despertem, assim como Maria Madalena despertou para testemunhar a ressureição divina. Estou orando por todos vocês, e enviando meu amor a todos vocês.

Com amor,

Prajnanananda

Deixar uma resposta

0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar à loja