O Poder da Oração

Um coração agradecido é um
começo de grandeza. É uma
expressão de humildade. É uma
base para o desenvolvimento
de virtudes como oração, fé,
coragem, contentamento,
felicidade, amor e bem-estar.
James E. Faust

O amor é a vida e a respiração desta criação. Deus é amor, e toda a criação é permeada por Seu puro amor. O sol brilha no céu com amor. A lua reflete a luz e o frescor em toda parte com amor. A flor desabrocha e olha para o céu com um sorriso de amor ao Criador. A brisa refrescante e as gotas de chuva nada mais são do que a expressão do amor de Deus. A abelha e a borboleta dançam e cantam a glória de seu amoroso Criador. O mundo natural oferece seu amor incondicional a Deus a cada momento do dia.

Mas o que aconteceu conosco? Nós somos filhos de Deus, feitos à Sua imagem e, ainda assim, O
esquecemos, ignoramos e vivemos com orgulho e arrogância. Infelizmente, o ego e a ignorância são os causadores de problemas em nossas vidas. A oração é uma ferramenta poderosa para cultivar o amor por nossa família mundial e por nosso Amado, o Senhor. Um devoto com intenso amor sente sua conexão com o Senhor. A oração é o meio de manter essa conexão, essa
comunhão, quando expressamos nossos pensamentos e nossos sentimentos mais íntimos por Ele.

Assim como a respiração é necessária para manter nossas vidas e um peixe não pode viver sem água, o amor é o que dá vida e sustenta o nosso relacionamento com o Amado. Quando nos conectamos com alguém com autoridade, poderoso, rico, forte e dinâmico, nós nos sentimos seguros e confortáveis. Imagine a força e a coragem que desenvolveremos se mantivermos um
relacionamento com alguém onipotente, onisciente e onipresente.

As pessoas pensam que dinheiro é poder ou que inteligência é poder. De fato, algumas pessoas até relacionam grandes músculos ou beleza a poder. Mas, na realidade, está na oração nosso maior poder. E muito poucos percebem isso, pois, para muitas pessoas, posses materiais e poderes terrenos são tudo. Eles, sem dúvida, esqueceram Aquele que é a real fonte de força e de poder.

Nosso amor é uma força tão poderosa que, quando o expressamos por bondade, compaixão, sinceridade e humildade, é transformado em oração. Os mestres dizem que quem mais se ajoelha, é o melhor. Ajoelhar-se em oração e viver sem ego traz força interior e confiança em Deus.

Prece e Obediência

A oração é possível quando temos uma conexão com Aquele a quem estamos orando. No mundo, nossas atividades estão associadas às leis que governam a sociedade. Assim, espera-se que devamos aceitar e cumprir essas leis. Às vezes, as pessoas se envolvem com o sistema judiciário. Naquele momento, elas estão à mercê da corte e, portanto, devem apresentar um pedido ou uma oração para que uma decisão fortuita seja alcançada. Para cumprirmos a lei, a obediência deve ser um pré-requisito em nossas vidas. Na vida espiritual, devemos nos submeter ao Senhor e a
condição necessária para isso é ser obediente aos olhos Dele. Por isso, os mestres nos dizem que oração e obediência andam juntas.

Se realmente amamos a Deus, devemos amar a criação de Deus e a ordem natural que a sustenta. Dizer que amamos a Deus e depois dizer que não gostamos de alguém é inconsistente. São duas declarações conflitantes que nunca podem ser reconciliadas. Deus é amor, e a criação de Deus é a criação de amor, compaixão e perdão. Devemos permanecer no amor de Deus com nossos pensamentos, nossas palavras e atividades.

Nossa obediência e nossa fidelidade são intensas e claras quando vivemos continuamente na presença de Deus. Embora Deus seja onipresente, são nossas orações que nos ajudam a perceber a Sua presença e que O mantém diante de nós durante todo o dia. Devemos perceber a presença de Deus em tudo o que está à nossa frente. A oração nos ajuda a disciplinar nossas palavras e nossas ações e a viver com devoção ao Divino. Enquanto a oração mantém Deus diante de nós, a meditação O mantém em nossos corações e em nossa alma. Uma pessoa verdadeiramente espiritual se lembra de Deus em todos os lugares. A oração nos aproxima de Deus e é um diálogo constante entre um buscador e Deus, um devoto e o Senhor. Já o propósito
da meditação é a união constante com Deus e com toda criação.

Prece, Nosso Maior Bem

As pessoas no mundo acumulam continuamente bens mundanos em troca do seu tempo e talento, mas, no final do dia, não encontram paz nem tranquilidade. Ao contrário, suas vidas estão cheias de inquietação, tensão e estresse. Pessoas com muitos bens materiais vivem com mais medo e insegurança.

A oração não é para os fracos e preguiçosos, ela é o sopro da vida de uma pessoa forte e capaz. Uma bela oração de Sant Kabir, poeta e místico da Índia, diz:

Ó Senhor, por favor, dê-me o suficiente para que nenhum hóspede ou sadhu que visite a minha casa, seja desamparado, e também para que nenhum membro da minha família passe fome.”

Aqueles que vivem em oração, desenvolvem tanta força e confiança que suas mentes estão sempre cheias de calma e paz. Os mestres descrevem a oração como um tranquilizante e aqueles que oram encontram um sono reparador em qualquer lugar e a qualquer hora. Os problemas da vida não os perturbam. Quando amamos a Deus, oramos, refletimos, relaxamos e confiamos Nele, renovamos nossos compromissos. A oração é uma ferramenta indispensável para enfrentar os problemas da vida.

A oração é realmente o caminho para a realização. Além disso, a oração, associada à ação positiva, cria em nós um constante estado de alerta ao realizar nossas atividades. Oração é a preparação que precisamos para superar todos os obstáculos. Quando o sucesso chega, aqueles que oram nunca se orgulham ou se gabam. Com todo sucesso, eles oferecem sinceros agradecimentos ao Senhor e a outros. Por outro lado, se surgir um fracasso, eles voluntariamente aceitam a responsabilidade por suas ações e os resultados como a vontade de Deus. Eles veem seus erros como uma oportunidade de estarem melhor preparados para a próxima fase da vida.

Oração, Um Meio De Transformação

A oração transforma nossos pensamentos, nossas palavras e ações. Também cria amor e a capacidade de ver a graça de Deus em todos os lugares o tempo todo. O sol está sempre brilhando, e esse mesmo sol brilha sobre as árvores e as plantas, sobre a água da sarjeta e sobre a água do Ganges. Brilha também em uma pedra e em um diamante – sua luz é igualmente distribuída, sem discriminação. A graça do Divino está sempre presente, mas podemos não estar abertos para recebê-la. Nossa capacidade de receber a graça de Deus depende de nossa receptividade e nosso caráter.

É através das nossas orações que experimentamos a graça. A oração é como um reflexo do amor de Deus que ecoa em nossos rostos e em nossos corações. Orações não são meras palavras. Elas são uma explosão do nosso coração e da nossa alma. Algumas orações foram cantadas ou contempladas por anos ou, até mesmo, por séculos, e inúmeras pessoas experimentaram seus efeitos. Quando cantamos ou lemos orações com amor, qual é o resultado? Os iogues dizem que as orações são siddha mantras, isto é, são mantras aperfeiçoados que preenchem nossas vidas. As orações existem em todas as religiões e em todas as línguas. Na Índia, as orações comuns que as pessoas cantam ou repetem estão em sânscrito. A linguagem do sânscrito tem um significado especial porque suas sílabas e palavras criam vibrações específicas em diferentes partes do corpo. Essas vibrações, por sua vez, têm um forte impacto no corpo e na mente.

Na vida cotidiana, quando uma pessoa faz uma oração ou um apelo com humildade a uma autoridade competente, podemos ver facilmente o efeito. Imagine quão grande é o efeito quando oramos ao Senhor, que é cheio de compaixão. Porém, tenha em mente que Deus não escuta as orações dos orgulhosos, mas anseia servir aos mansos e humildes. A prática da
oração afasta o ego. Pela oração, um coração pesado se torna mais leve e um coração cheio se torna limpo e vazio, pronto para ser usado como altar do Senhor. Já foi dito que a oração abre a porta do coração para Deus entrar.

Paramahamsa Yoganandaji costumava cantar uma bela canção chamada “A porta do meu coração”:

A porta do meu coração, mantenho aberta para Ti
Tu virás? Tu virás?
Pelo menos uma vez, Tu virás para mim?
Irão meus dias passar voando, sem que eu Te veja, meu Senhor?
Noite e dia, noite e dia, eu procuro por Ti, noite e dia

Quando oramos ou cantamos com amor, nossos corações se abrem e florescem como um lótus ao nascer do sol e nossas palavras expressam um derramamento de amor. Quando nossas palavras são infundidas com amor, nossas orações se tornam poderosas. Esse tipo de oração desenvolve força, poder, amor e paz dentro de nós. Cantar e recitar devocionalmente, também
podem criar uma força imensurável dentro de nós.

Extraído do livro: O Pai Nosso – Sob A Perspectiva de um Iogue, de Paramahamsa Prajnanananda

Um comentário

Deixar uma resposta

0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar à loja